quarta-feira, 5 de abril de 2017

Ezequiel leva pleitos de 12 prefeitos à direção da Caern - Deusdete luta para obter descontos para Angicos



O Rio Grande do Norte está pelo quarto ano consecutivo em estado de emergência devido à seca. Dos 167 municípios do estado, 153 estão com grave crise devido à falta de água. Para buscar soluções para esses casos, o Comitê de Ações de Combate à Seca da Assembleia Legislativa, através do presidente Ezequiel Ferreira (PSDB), viabilizou uma reunião entre o diretor-presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Marcelo Toscano, e prefeitos de seis regiões do estado.

"Buscar e ajudar nessas soluções é nossa obrigação. O problema da seca é sério e afeta diretamente milhões de norte-riograndenses. Por isso, pedimos atenção especial aos gestores que aqui estão em busca de soluções para a população, porque os pleitos são dessas pessoas, do povo dessas cidades", disse Ezequiel Ferreira.

No encontro, foram apresentados pleitos de 12 municípios. Estiveram presentes os prefeitos Coronel Ezequiel (Cláudio Marques "Boba"), Espírito Santo (Fernando Teixeira), Angicos (Deusdete Gomes), Lagoa Nova (Luciano Santos), Tenente Laurentino Cruz (Sueleide de Morais), Serra de São Bento (Vanessa Gomes), além do vice-prefeito de Macau, Rodrigo Aladim, e do presidente da Câmara Municipal de Poço Branco, João Horário de Góes. Os pedidos de Barcelona, Jardim do Seridó, Lajes e Cruzeta foram levados pelo próprio Ezequiel Ferreira. Juntos, os municípios abrigam 128 mil potiguares.

"Esperamos que possamos ser atendidos e agradecemos pela disposição do deputado Ezequiel em colaborar", disse a prefeita de Tenente Laurentino, Sueleide de Morais. "Acredito que a reunião renderá bons frutos para nossa cidade", acredita o prefeito Luciano Santos, de Lagoa Nova. "Quanto mais apoio tivermos, melhor para a população de nossa cidade", disse a prefeita de Serra de São Bento, Wanessa Gomes de Morais.

De acordo com o diretor-presidente da Caern, Marcelo Toscano, os pleitos dos prefeitos serão analisados pela equipe técnica do órgão e haverá a resposta a todos os gestores em até 15 dias, informando sobre o que será feito com relação aos pedidos.

Os pleitos variam desde a recomposição de redes de abastecimento até renegociação de débitos dos municípios com a companhia.

"A Caern também passa por dificuldades devido aos custos e queda na arrecadação, mas analisaremos todos os pleitos e, o que for possível, atenderemos", garantiu Marcelo Toscano.

No entendimento dos prefeitos, o resultado da reunião foi positivo. "O apoio do deputado e a receptividade da Caern nos deixaram animados com a solução desses itens", disse o prefeito de Coronel Ezequiel, Cláudio Marques, o Boba. "Sabemos das dificuldades, mas é preciso essa parceria para que a população não seja penalizada", disse o prefeito de Angicos, Deusdete Gomes.

Assessoria de Comunicação AL
Imagens: João Gilberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!