sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Católicos festejam inauguração da Capela do senhor do Bom fim, no Rio Velho em Angicos.


A noite desta sexta-feira, dia 06, foi mais que especial para a Paróquia de São José dos Angicos. Paroquianos celebraram com alegria e regozijo, o crescimento de mais uma de suas comunidades: à edificação da mais nova Capela do senhor do Bonfim, na comunidade Rural do Rio Velho, despertou emoção em muitos fieis principalmente da localidade ruralista.

A solenidade foi presidida por sua Excelência Reverendíssima Dom Matias Patrício de Macedo, Arcebispo Emérito de Natal, e teve como concelebrantes, o Pároco Severino Neto, Padre Pedro e o Vigário paroquial, Pe. Gilmar Pereira. 

O momento jubiloso contou com a presença de inúmeros fiéis, autoridades e, principalmente famílias da citada área rural agraciada. Também prestigiaram a cerimônia de inauguração, agentes de pastorais, setores e movimentos da Paróquia de São José dos Angicos.

Segundo Padre Severino, a construção da Capela teve um custo aproximado de R$ 90 mil fruto de doações de fieis e subsídios dos cofres da Paróquia de São José dos Angicos.  O Líder religioso Católico enfatizou que este valor só foi possível devido à união e o empenho do povo. A Capela abrangerá 5 comunidades rurais num total de 104 famílias espalhadas por sítios e assentamentos.

Dividida em quatro partes, a cerimônia prosseguiu da seguinte forma;

1ª parte da cerimônia de inauguração

Ritos iniciais

Na primeira parte, houve a procissão de entrada, abrindo com isso a cerimônia. Em seguida, aconteceu entrega simbólica das Chaves da Capela nas mãos do Arcebispo Emérito Metropolitano.

Bênção da Água e Aspersão

Durante a solenidade, o Arcebispo Emérito percorreu a nave da igreja aspergindo o povo e as paredes do santo templo. Regressando em seguida ao presbitério, o bispo aspergiu o altar. Posteriormente, foi cantado o hino: "Glória a Deus nas alturas", em única e perfeita sintonia entre os fieis.

2º momento:

Liturgia da palavra.


Em seguida, aconteceu a Liturgia da Santa e Gloriosa Palavra de DEUS, conduzida pelo Arcebispo Emérito Dom Matias Patrício.

3ª parte da solenidade:

Incensação do Altar

Posteriormente, o bispo Emérito colocou incenso num turíbulo, em seguida, benzendo e incensa o altar. O ministro do evangelho percorreu a nave da igreja incensando o altar.

Dom Matias Patrício ressaltou que, o altar ungido torna-se símbolo de Cristo, que é o "Ungido” por excelência constituindo Sumo Sacerdote perfeito, puro sem macula. Por fim, Dom Matias concedeu a bênção, sob a capela, os moradores do Rio Velho e todos presentes.

Prece de Dedicação e Unção

Este ponto do momento religioso foi marcado por ladainhas de todos os santos, e a prece de dedicação, sagração e unção do altar com o óleo do santo-crisma, preparando-o para receber os paramentos e objetos para a consagração eucarística. Logo após, a sagração, deu-se início a Liturgia Eucarística.

Iluminação do altar e da igreja

Encerrado o canto e a incensação, o Bispo seguiu o rito: limpou o altar e, estendeu sobre ele uma toalha impermeável. O Sacerdote adornou o altar depondo sobre ele, castiçais e o crucifixo em preparação à Celebração da Santa Missa Eucarística.

No 4º e último momento, aconteceu o prefácio da liturgia eucarística, concluindo com a benção final sobre o povo de Deus.

Além de acolher aos anseios de evangelização, a Capela vem atender a uma antiga petição dos moradores da comunidade, aja vista a distância da Igreja Matriz e das poucas condições de deslocamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!