segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Maratona de comícios em Afonso Bezerra já iniciou a todo vapor...



Os candidatos a prefeito e vice das duas coligações que disputam a prefeitura de Afonso Bezerra, na Região Central do RN, iniciaram a maratona de comícios tanto nos bairros da cidade, quanto nas comunidades rurais.

Os encontros têm o objetivo de apresentar os planos de governo e tentar conquistar o eleitor. Duas coligações disputam as eleições deste ano; A Coligação “Continuar é Preciso”, formada pelos partidos; PP / PDT / PRTB / PSDB / SD / PV / PTB / PRP / PSD / PTN / PRB.

A chapa Governista recebe o apoiado do atual Prefeito da Cidade, Jackson Bezerra [PSD], e tem como candidato a Prefeito, Neto de Zoraide e Valmir Pereira como vice.

Do  outro lado está, a “Coligação “Unidos pelo Povo”, composta pelas siglas partidárias; PMDB / PSB / PR / DEM / PSDC / PT. O grupo oposicionista ao Governo Municipal tem como candidato a Prefeito, Chico Bertuleza [PMDB] e vice, Valquir Umbelino.

Um comentário:

  1. Análise Política I: No pleito anterior (Eleições Municipais 2012), expressei em um Blog da Região Central/RN, nuances pertinentes ao quadro político/eleitoral do nosso Município de A. Bezerra/RN, resumidamente, a saber: ... que o quadro do eleitorado na Sede do Município, se bem trabalhado (tecnicamente), subsidiaria relevante vantagem eleitoral em favor da “Oposição”, cobrindo por sua vez a suposta (trivialmente esperada) maioria da “Situação” (pela influência do então Vice) na Zona Rural (diga-se mais precisamente – no Distrito de Canto Grande), circunstâncias advindas de, na Sede do Município através das 03 (três) forças oposicionistas fortemente unidas (...herdeiros do bacuralismo e montenegrismo), em face de praticamente 01 (uma) só força situacionista (... o então e atual Gestor Executivo Municipal), ofertante à época de uma Administração Municipalista de razoável dignidade e decência). Agora, em 2016, vislumbra-se de imprescindível alvitre aquilatar, do ponto de vista político-social, dois essenciais parâmetros que servirão de termômetro e bússola indicativos de quem sairá realmente vitorioso neste Pleito (2016), quais sejam: 1º. A histórica inovação político-ideológica de cunho democrático e contida de indubitável amparo constitucional, pelo fato de a “Situação” ter lançado como cabeça-de-chapa à disputa Majoritária, um Jovem (Digno Legislador Municipal licenciado), com decente histórico familiar oriundo da Zona Rural, acrescendo-se supostamente como um dos meios de estratégia, contra-atacar (em represália ao Candidato à Vice da oposição) o colégio eleitoral de Canto Grande, mas voltado, também, à suposta garantia de que a soma qualitativa das duas Gestões Municipais (2008/2016) supostamente fomentarão maioria significativa na Sede do Município em prol do ora Candidato Situacionista, consequentemente e no seu particular entender, culminando com a vitória de seu Candidato); e 2º. Diz-se respeito aos perfis individualizados dos dois candidatos a Vice, onde vislumbramos desta feita, uma inversão de valores, saibam: a “Situação” apresenta um Candidato com significativa captação de votos na Sede do Município e, também, no eleitorado que mantém domicílio residencial na Capital Potiguar; já a “Oposição” confia na trivial potencialidade concentradora de votos que o seu Candidato a Vice detém no Distrito de Canto Grande. Pois bem, e para não pecarmos por suposta omissão, diga-se à bem da verdade, que o Candidato a Prefeito (Oposicionista) demonstrou que as Urnas Receptoras de Votos lhes desejaram relevantes “BOAS VINDAS” nas Eleições Municipais de 2012. Aguardem a próxima Análise II. Anildo FM (Analista Político e Marketeiro).

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!