sexta-feira, 29 de abril de 2016

Eleita a mais bela ‘gordinha’ do RN, Melinda Eva fala das dificuldades da profissão

Charme e irreverência. Essas palavras definem bem Melinda Eva, modelo plus size e eleita em 2015 “a mais bela gordinha do RN”. Em entrevista à reportagem do Agora RN, ela contou como ingressou nessa categoria no mercado da moda, quais as principais dificuldades que a profissão enfrenta e ainda ressaltou a importância da autoestima que as mulheres ‘gordinhas’ devem ter para combater o preconceito quase que diariamente.

A história de Melinda Eva começou meio que por acaso, quando em 2014 uma amiga sugeriu que ela participasse do concurso “A mais bela gordinha do RN”. Apesar de inicialmente não ter demonstrado interesse, Melinda acabou competindo e ficando em uma boa colocação na disputa. “Embora não tenha ganhado o concurso, fiquei em 6º lugar e isso me deu direito a disputar o nacional no Rio de Janeiro no mesmo ano”, disse.

Na competição nacional, a modelo não ganhou a disputa, mas acabou ficando selecionada entre as 10 melhores candidatas do Brasil e isso foi um saldo positivo na carreira de Melinda, que a partir daí começaram a surgir as primeiras propostas para trabalhos no mercado de modelos “plus size”.

Apesar dos convites, a modelo destaca que ainda é muito difícil trabalhar com esse segmento de mercado, principalmente pelo preconceito das pessoas, que, de acordo com ela, ainda a caracterizam como “uma gorda querendo aparecer”.

“Praticamente não temos nenhum apoio para o nosso segmento de mercado. Quando participamos de concurso tudo saí praticamente do nosso bolso. Em maio desse ano vou representar o RN no concurso nacional e temos que ter o máximo de apoio possível, mesmo sendo difícil, vamos tentar ao máximo”, comentou.

Melinda ressalta que hoje, paralela a carreira de modelo, virou comerciante e abriu uma loja na cidade de Angicos (Localizado no Sertão potiguar) voltado para mulheres com manequins acima de 38.

“Nunca tive vergonha de ser gordinha, pelo contrário, sempre me amei como sou. Mas, infelizmente, num mundo que vivemos com a chamada ‘ditadura de beleza’, as pessoas querem ditar como você tem que ser. Eu digo para todas as gordinhas: sejam felizes como são e se amem acima de tudo. Ter uma autoestima elevada é o primeiro passo para combater o preconceito diário que nós, gordinhas, enfrentamos”, finalizou.

Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!