sábado, 16 de abril de 2016

Câmara de Vereadores de Angicos reprova contas da gestão Ronaldo Teixeira e deixa-o inelegível.

A prestação de contas correspondente ao ano de 2008, da gestão do ex-prefeito Ronaldo de Oliveira Teixeira [PSB], entrou em pauta na sessão plenária desta sexta-feira (15), na Câmara Municipal de Angicos.

Considerada inesperada e um tanto polêmica, em razão de contestação entre os parlamentares, à reunião ordinária foi marcada por discussões acaloradas em torno do parecer do relator da Comissão de Justiça e Redação [CJR], Vereador Grimaldi Cosme [DEM].

Antes retornar a Câmara para tramitação regimental e posteriormente deliberação plenária a prestação de contas relativa ao exercício de 2008 do ex-gestor, tinha sido reencaminhada para o Tribunal de Contas do Estado à época por força de uma Liminar. A partir daí, o próprio Tribunal teria reenviado o Processo novamente para Casa Legislativa para prosseguimento.

Na ocasião, em sua conclusão, o Relator despachou parecer Nº 087/2013 manifestando-se favorável à aprovação com ressalva das contas do ex-prefeito, o que contrariando o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE)O Colegiado se posicionou favorável à rejeição das contas.


A Presidente da Câmara, Nataly Felipe [PSDB] avocou o 1º Secretário Jalmir Dantas [PP] a efetuar a leitura do expediente, contudo, no meio do percurso, o edil se recusou de Ler o parecer da Comissão de Justiça e Redação [CJR], relativas ao Projeto de Decreto Legislativo 023/2013 que tendo como principal interessado o ex-prefeito Ronaldo Teixeira [PSB]. A análise já teria sido dada pelo Vereador situacionista, Grimaldi Cosme [DEM] em outra sessão.

Em uma ação talvez impensada, o próprio relator da matéria, Vereador Grimaldi Cosme [DEM] conseguiu em apenas um ato, derrubar o reflexo positivo de seu mandato pelo município. Insatisfeito, simplesmente o parlamentar rasgou o seu próprio parecer em plenário, durante sessão.

A Vereadora e Presidente da Câmara disse que as comissões são permanentes e não se pode invalidar os atos e decisões tomadas dentro de um processo. “Vereador Grimaldi um processo não pode ter dois pareceres dentro de uma mesma comissão”, argumentou a Presidente da Câmara.

Pesa contra o deferimento do processo o fato de já terem obtido parecer desfavorável na alçada do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O entendimento do TCE prevaleceu na Câmara e o ex-prefeito se tornou inelegível por oito anos.

Os vereadores que optaram pela reprovação: Nivaldo Nicério Gomes (PSDB), Nataly Felipe (PSDB), Tiago Braga (PMDB), Neto Maciel (PSDB) e Cloves Tiburcio (PSDB).

Os vereadores que se abstiveram: Jalmir Dantas (PP), Edileuza Paulhares [PMDB] Junior De Chicola (PC do B) e Grimaldi Cosme Alves (DEM).

Um comentário:

  1. Samba de crioulo doido...... Eu admiro quem vota seja contra ou a favor....

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!